Tireoide – Função, Importância e Doenças

A tireoide, embora algumas vezes ignorada, consiste em uma parte importantíssima do organismo, já que desequilíbrios nela afetam todo o organismo. Para saber qual a função, importância e como melhorar a saúde dela, continue lendo esse artigo completo.

tireoide

O que é a tireoide e qual sua função?

Consiste numa glândula em formato semelhante ao de borboleta, localizada na região do pescoço.

Sua função é produzir os chamados hormônios T3 e T4, cruciais para o funcionamento de todas as funções do organismo.

Qual a importância dessa glândula?

Os hormônios produzidos pela tireoide regulam desde as mínimas funções cerebrais até aquelas relacionadas ao intestino e aparelho genital.

Além disso, o bom funcionamento dessa glândula é primordial para o crescimento das crianças e funções metabólicas do organismo, impactando no ganho ou perda de peso.

Os hormônios T3 e T4 também interferem na saúde da pele, cabelos e unhas, sendo que as pessoas que apresentam desequilíbrios quanto ao funcionamento de tireoide começam a apresentar uma aparência abatida, pele com manchas, queda capilar etc.

Em suma, esses hormônios afetam o corpo por completo, sendo por esse motivo dedicar uma atenção especial a essa glândula.

Quais os principais problemas que afetam a tireoide?

De maneira geral, os principais problemas que afetam o funcionamento dessa glândula estão relacionados ao hipotireoidismo e ao hipertireoidismo.

Hipotireoidismo é quando essa glândula não produz as quantidades suficientes dos hormônios T3 e T4, fazendo com que todas as funções do organismo se tornem mais lentas. Os sintomas dessa doença são:

  • Cansaço intenso sem causa aparente;
  • Aumento de peso;
  • Dores articulares;
  • Raciocínio lento;
  • Problemas de memória;
  • Sonolência excessiva;
  • Irregularidades no ciclo menstrual;
  • Aumento dos níveis de colesterol ruim (LDL);
  • Problemas de crescimento e desenvolvimento (crianças e adolescentes);
  • Retenção de líquido (inchaço);
  • Constantes episódios de prisão de ventre e intestino lento;
  • Fraqueza muscular;
  • Falta de desejo sexual;
  • Olheiras;
  • Coração com batimentos lentos;
  • Depressão;
  • Pele seca;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas quebradiças.

Já o hipertireoidismo é o contrário, ou seja, ocorre quando essa glândula produz maior quantidade dos hormônios T3 e T4 que o necessário, sendo reconhecida pelos seguintes sintomas:

  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Bruscas alterações de humor;
  • Perda de peso;
  • Transpiração excessiva;
  • Ansiedade;
  • Irritação;
  • Menstruação irregular;
  • Insônia;
  • Fome excessiva;
  • Fraqueza nos músculos;
  • Ejaculação precoce;
  • Tremores;
  • Inchaço nos olhos;
  • Intolerância ao calor;
  • Queda de cabelo.

Essas alterações são identificadas mediante uma detalhada avaliação clínica e exames de sangue que buscam mensurar os níveis de T3, T4 e TSH.

Como funciona o tratamento?

De forma geral, o tratamento dessas doenças é feito pelo uso de medicamentos de reposição hormonal (no caso de hipotireoidismo) e de inibidores hormonais (no caso de hipertireoidismo).

Outras doenças que afetam a tireoide

Além do hipotireoidismo e hipertireoidismo, outras doenças que afetam o funcionamento da tireoide são:

Tireoidite de Hashimoto

Trata-se de uma enfermidade autoimune caracterizada por provocar mudanças no tamanho dessa glândula, apresentando sintomas parecidos com o hipotireoidismo;

Doença de Graves

Consiste em um desequilíbrio imunológico reconhecido por provocar inchaço no pescoço, acúmulo de gordura nos olhos, fraqueza, taquicardia, perda de peso e tremores.

Bócio

Trata-se de uma doença provocada pela falta de iodo no organismo, responsável por causar inflamações na glândula tireoide.

Tireoidite

Consiste numa inflamação ocorrida na tireoide, responsável por provocar graves infecções (incluindo aquelas oriundas de enfermidades autoimunes).

Tireoidite pós-parto

Essa doença pode aparecer em um período de até 1 ano depois do parto, atingindo sobretudo mulheres que possuem diabetes ou que tem histórico hereditário de enfermidades autoimunes.

Câncer na tireoide

Nessa glândula pode ocorrer também a formação de tumores benignos ou malignos.

No caso de suspeita dessas doenças, além da avaliação clínica e exames laboratoriais, são solicitados pelo médico exames de imagem ou biópsias.

De acordo com cada caso dessas doenças, o tratamento poderá envolver uso de medicamentos (sendo alguns para reposição de iodo) e até mesmo cirurgias.

Doenças: Hipotireoidismo x Hipertireoidismo

doencas-tratamentos-tireoide

Como prevenir doenças na tireoide?

Embora as doenças nessa glândula não tenham uma causa definida, é possível diminuir os riscos e efeitos que elas exercem por meio de alguns fatores que são:

Alimentação

Uma alimentação saudável é a chave para a prevenção e auxílio ao tratamento das doenças. Isso envolve basicamente o consumo de alimentos que estejam o mais próximo possível do seu estado natural, dando preferência para os orgânicos.

Assim, é indispensável adotar um cardápio rico em fibras, frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais.

Também é necessário evitar ao máximo o consumo de alimentos industrializados ou processados, tais como: mortadela, presunto, bacon, salsicha, temperos industrializados, macarrão instantâneo, salgadinhos etc.

O consumo de refrigerantes e bebidas alcoólicas também deve ser extremamente moderado.

Atividade física

Os exercícios físicos são grandes aliados da saúde, prevenindo doenças, controlando o peso e atuando no fortalecimento das defesas imunológicas.

Além de todos esses benefícios, a atividade física ajuda a diminuir os sintomas do estresse, ansiedade e até mesmo depressão, já que durante os exercícios são liberados os famosos “hormônios da felicidade”: endorfina e serotonina.

Cuidar do sono

Durante o sono, o corpo equilibra diversas funções hormonais e metabólicas, promovendo a saúde do organismo e fazendo com que as pessoas se sintam bem dispostas para as atividades diárias.

Problemas do sono muitas vezes acarretam desequilíbrios no sistema imunológico, problemas hormonais e diversos problemas de saúde ao longo do tempo.

Além disso, inúmeras pesquisas comprovam que o sono irregular faz com que as pessoas envelheçam mais rápido, já que o corpo fica suscetível à ação dos radicais livres.

Para compreender isso, basta observar como uma simples noite mal dormida prejudica a aparência das pessoas.

Aprender a lidar com as emoções

Não poucas vezes, diversas doenças estão relacionadas a causas emocionais e os distúrbios ocorridos na tireoide são exemplos delas.

No caso de pessoas que sofrem de ansiedade, depressão ou passam por momentos de grande dificuldade, é recomendável recorrer a um psicólogo para simplesmente conversar abertamente sobre as angústias e compreender as emoções.

Todas essas informações demonstram como a glândula tireoide é essencial para o organismo, promovendo a saúde e equilíbrio de todos os órgãos e funções, das mais simples às complexas.




Outros Conteúdos:

Emagrecer de Forma Saudável é Possível?

Aprenda os Segredos da Maquiagem Perfeita

RENDA EXTRA nas Horas Vagas (Livro Grátis)